segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Naamã

Ao examinarmos a história de Naamã, o leproso, começamos analisando o seu estado. "Naamã, capitão do exército… da Síria, era um grande homem… porém leproso". Apesar de suas vitórias passadas e das suas honras presentes, ele tinha um problema escondido que não ficaria oculto por muito tempo. Se não fosse tratado, aquele mal acabaria por destruí-lo. Você se identifica com Naamã? Hoje tudo pode estar ao seu favor. Você se formou na melhor universidade, tem uma boa família e construiu uma igreja ou um negócio, ou atingiu o topo da sua carreira. Mas antes que você consiga se qualificar para uma bênção maior, Deus o obrigará a lidar com a situação que está oculta em baixo da sua armadura. Pessoas proeminentes em todas as ocupações passam por isso, principalmente as espirituais. É isto que as separa das demais. É isto que as conduz a atravessar a ponte que vai do medíocre ao excepcional. Sem obstáculos, seremos sempre pessoas comuns! Não estamos falando de problemas pequenos. Estamos falando de problemas tão avassaladores que você não consegue dormir; coisas que dão nó no estômago e que fazem o seu coração perder o ritmo das batidas e que o fazem temer "é isto que vai me matar!" É o motivo pelo qual você ora em segredo. É aquilo que você não quer que as pessoas vejam. Portanto, como Naamã, você coloca a sua couraça, depois vai para casa e sofre por causa da sua situação. Entenda isso: Deus ensina algumas das Suas maiores lições nos vales da vida. É ali que você aprende a ficar prostrado diante Dele, chorando e quebrantado. É ali que você ora: "Deus, não deixes isso me destruir. Trata com isto através do poder do Teu Espírito". E eis as boas novas: este tipo de oração realmente traz libertação.
Naamã tinha um problema; um problema singular. Relembrando esta mesma história, Jesus disse: "Havia muitos leprosos em Israel nos dias do profeta Eliseu, e nenhum deles foi purificado exceto Naamã..." (Lucas 4:27 NKJV). É mais fácil crer em Deus para algo que você O viu fazer antes. Mas Naamã não apenas tinha lepra, como ninguém que ele conhecia jamais havia sido curado dela. Você está sendo testado hoje por causa de uma situação singular em sua vida, no seu casamento ou na sua carreira? Você tem medo de falar sobre isso porque não conhece ninguém que um dia tenha superado esse problema em particular? Se for assim, pare de se concentrar no problema e comece a se concentrar em Deus! Para início de conversa, Ele não precisa de nada para solucionar o seu problema. Lembre-se, em Gênesis Ele pendurou a terra sobre o nada, e ela continua girando todos os dias! A Bíblia diz que Naamã foi um "grande… homem", mas Deus estava prestes a torná-lo um homem ainda maior. Sempre que Ele faz isso, permite que entremos em situações difíceis onde não existem soluções humanas. Quando quer que tenhamos uma grande influência, Ele permite que enfrentemos grandes desafios. É assim que Ele nos transforma de pessoas que impressionam em pessoas verdadeiramente excepcionais. Mas quando Ele fizer isso, tome cuidado. Uma das primeiras perguntas que as pessoas vão fazer é: "Como você fez isto?" Elas vão começar a admirar a sua posição e a sua armadura, quando o tempo todo foi a sua aflição que o levou a cair de joelhos e permitiu que Deus fizesse de você a pessoa que você se tornou. Antes de poder ser excepcional, você precisa trabalhar para desenvolver a fé que crê em Deus para fazer o impossível, e confiar no que Ele diz independente das probabilidades.
Quando Deus lhe der uma resposta, não discuta nem racionalize. Apenas faça o que Ele disser – e você sairá limpo. O orgulho de Naamã quase lhe custou a vida. Quando ele saiu da casa de Eliseu, estava zangado porque Eliseu não havia saído para falar com ele pessoalmente. Em vez disso, enviou um mensageiro para lhe dizer para mergulhar sete vezes no lamacento Rio Jordão. "Não existem rios mais limpos?" perguntou Naamã, sentindo-se insultado. A esta altura, o servo de Naamã disse: "Se o profeta houvesse lhe dito para fazer alguma coisa difícil, você a teria feito. Não vale a pena obedecer a ele para viver?" (v. 13). Hoje Deus está lhe fazendo a mesma pergunta. Não vale a pena se humilhar para sair limpo? Confessar o seu pecado, compartilhar a sua história e pedir ajuda?  Não permita que preocupar-se com a reputação impeça-o de encontrar a solução. Não permita que o diabo o atraia para outros rios que não têm poder para salvar. Tudo que você precisa é o tipo de fé que implica em parecer tolo por algum tempo. Este é o tipo de fé que mantém você dependente de Deus quando parece que todo mundo está se saindo melhor do que você. Vá em frente, mergulhe no rio da graça de Deus, e continue mergulhando! Embora você tenha sido insultado, embora os seus sentimentos estejam feridos, embora o processo não pareça fazer sentido, embora você tenha chegado ao fim da linha e queira desistir, continue mergulhando. Aja com base na Palavra que Deus lhe deu! Os milagres são para os obedientes, não para os que apenas desejam recebê-los.

Enviado por Bianca Santos

Reações:

0 comentários: