quarta-feira, 26 de maio de 2010

Quão grande amor... quão grande mágoa

Não sei explicar por que é bem mais fácil perdoar um inimigo, que um amigo. Não sei explicar por que a ferida aberta por um amigo é mais funda, do que qualquer golpe dado por quem nos odeia? Por que nos momentos mais desesperadores da vida, alimentamos um turbilhão de sentimentos ruins sobre Deus, que jamais imaginaríamos ser capazes? O numero de pessoas que passaram a odiar Deus na caminhada cristã é gritante. Gente que apostou todas as suas fichas Nele, e se arrebentou por alguma razão que ainda não se explica. A frustração é sempre equivalente a expectativa. Ou seja, a dor será sempre proporcional ao valor que damos a tal pessoa ou situação. Quão profundo é o "amor"... quão profunda será a "mágoa".Existem alguns cuidados que devemos ter pra diminuir os efeitos da lei da equivalência, com relação a pessoas e ao Senhor. Com as pessoas:1) Tenha sempre em mente que você e o resto do mundo são falhos.2) Se as pessoas conseguiram odiar Jesus depois de tudo de bom que Ele fez... pode existir uma pocibilidadezinha ou não, sabe Deus, de ferirmos ou sermos feridos...3) Não espere e nem exija nada de ninguém, agindo assim, o que vier é lucro. E se vier alguma coisa desagradável, a surpresa será menos avassaladora. 4) Antecipe-se, esteja pronto pra dar uma chance de defesa pra quem falhou. Lembre-se, amanhã pode ser sua vez.5) Fuja do cinismo. Tenha paciência com os outros como gostaria que tivessem contigo.Com Deus:1) Nós somos maliciosos, Deus não. Isso significa que Deus não joga sujo NUNCA!!2) Deus sabe de tudo. Talvez seja por isso que Ele não responda certas orações na hora e no modo que exigimos.3) Procure ser honesto consigo mesmo e faça um auto exame sobre todos os aspectos. Assuma toda a sua parte no processo.4) Faça uma retrospectiva sobre os bons momentos e veja se Deus saiu juntinho de você na foto, ou se O deixou de lado na boa fase.5) Por que não muda Deus de lugar e passe a odiar o diabo com toda essa força? Você já odiou o diabo com toda essa força?6) Enxergue a dor da frustração como uma enfermidade que precisa ser tratada com urgência.7) Lembre-se que pode estar maltratando justamente o Médico que está tratando de suas chagas.8) Deus é bom e o diabo não presta. É assim que tem que enxergar as coisas.9) Faça as pazes com Ele do seu jeitão. Ele te ama.10) Ele não mente, nunca disse que seria moleza e que não haveria perdas. Por isso, verifique se não está lendo e entendendo Sua Palavra de uma forma equivocada.
Pr. César Ferreira

Reações:

0 comentários: