terça-feira, 27 de julho de 2010

As escolhas morais de meninas nas igrejas

É interessante notar que os investigadores do comportamento humano nos oferecem excelentes contribuções no campo de desenvolvimento educativo. Algumas de suas investigações quando implementadas nos ajudan a ensinar a Palavra de Deus com eficicácia.

A Bíblia livro atualíssimo em psicopedagogia usa o termo pastor-mestre
(Romanos 12 e Efésios 4) denotando uma base relacional para o ensino bíblico. Afinal, um mestre é um pastor que ama e cuida de suas ovelhas. Eucir Feitosa ("Abordaje Relacional" Apostilas de SEPAL- Brasil) desenvolveu alguns princípios de una pedagogía relacional que satisfaz muito àqueles que se preocupan com aprendizajem. A Palavra de Deus, quando se leva em conta uma relação pessoal com o educando tem sua relevância em sua vida diária desenvolvendo assim um discipulado real. Donald Millar coloca que as relações são fundamentais para o desenvolvimento do indivíduo (Jack L. Seymour and Donald Miller et al “Contemporary Approaches to Christian Education” 1983:77). E, a pesquisadora Carol Gilligan acentua que as mulheres e as menimas dão muita importância a amizade, ao ponto que quando apresentadas com problemas morais, elas buscam soluções que mantenham bem suas relações com outros mesmo em detrimento do que realmente creem. Satisfazer aos demais em detrimento de seu próprio interesse muitas vezes resultam em dilemas morais resolvidos contra a Palavra de Deus; e, aquelas que fazem conhecer sua opinião são criticadas pela sociedade por serem assertivas, dizendo-lhes que actuam como homens (Carol Gilligan “In a Different Voice, Psychological Theory and Women’s Development” 1993:37a.edicion.: 164).

Como ajudar as meninas e adolescentes de nossas igrejas a fazer escolhas morais levando em conta o fator relacionamento, tão importante para elas? Como a pesquisa de Gilligan pode nos ajuda,r nas igrejas, no preparo de meninas e adolescentes femininas para que tenham uma base sólida de su fe?

1. Para que isso ocorra, devemos fortalecer sua relação com a pessoa de Cristo, que é a fonte de toda amizade e amor que buscam.

2. A educação cristã das meninas deve oferecer-lhes um escopo mais amplo, para que as relações entre elas sejam principalmente dentro da comunidade da fé. Esses relacionamentos fortes as ajudarão a viver como discípulas de Cristo em uma sociedade que cada vez mais exige compromisso de vida com Sua Palavra.

3. Os líderes de meninas e adolescentes podem criar um ambiente de confiança e lealdade com base na Palavra de Deus e ajudá-las a expressar suas opiniões com assertividade, mesmo que sejam contra a corrente da sociedade, sabendo que na igreja elas tem o apoio necessário em questões morais.

Concluímos, felicitando a esses líderes que tem seu ministério com base relacional em suas igrejas, criando uma comunidade segura para as jovens solidificar sua fé.

Sulamita Crabb

Reações:

0 comentários: